sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Ana Clara

Sonhei com minha neta que ainda vai nascer.
Um sonho lindo.
Sonho de avô menino que esqueceu de crescer.
Um sonho de quem acha que a família é o maior tesouro para um homem.
No sonho eu falava para ela:
- O vovô doido vem dar um cheiro em você!
Ela me respondia:
- Um cheiro no meu suvaquinho!
- Outro cheiro no outro suvaquinho!]
Até no sonho é tudo menino maluquinho!
Apenas sei dizer que estou muito feliz!
Mesmo dando um cheiro em sonho no suvaquinho!
O nome dela vai ser Ana Clara!
Santa Clara clareou.

Beto Ramos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUZENTOS E CINQUENTA EM QUATRO I

Os pesadelos não podem ofuscar nossos sonhos. Diante da inconsequência de quem resume a vida dos outros na sua prisão de lamentos, ...