segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Diz a lenda - A lei de Gerson

Fechando os olhos poderemos perceber que estamos dentro de um campo minado.

São estrelas com brilhos além do que o céu suporta.

Então vem a minha cabeça uma lembrança esquisita.

A Lei de Gerson.

Lembro também o bobo do texto da Clarisse Lispector.

Mas, não poderíamos nos igualar aos espertos.

Os espertos são cheios de palavras bonitas e sem erros de português.

Os espertos dirigem os seus carros com vidros fechados sem olhar para os lados quando nos vêem passar.

Os espertos vêem apenas os nossos pequenos erros sem jamais perceberem que seus ombros estão abarrotados de falhas que talvez nem cheguem perto dos nossos erros.

Alguns levam vantagens em tudo.

Ouvi o comentário de certo pára-quedista do meio do samba, que Escola de Samba é coisa de pobre.

Que carnaval na Rua Rio de Janeiro era coisa para beneficiar a pobreza da zona Leste.

Eu pobre, bobo e do samba, fiquei de queixo caído.

O que fazem algumas pessoas comandando o rumo do destino do nosso samba e carnaval?

Eu pobre possuo uma alegria verdadeira.

Para brincar carnaval visto apenas a minha alegria.

Basta de tanta vaidade em busca apenas de compensações financeiras.

Merecemos respeito.

Essa tal Lei de Gérson é meio esquisita.

Mas, algumas pessoas com o QI elevado (Quem Indica) com certeza estão no lugar errado.

Uma pena, pois quando percebemos, as suas vantagens são pequenas do ponto de vista na diferença entre o bobo e o esperto.

Os bobos acreditam em todos quando conseguem ver que suas almas são gigantes, mas, seus corações ainda não perceberam a grandeza de suas existências.

O esperto imagina luz apenas em seu caminho.

O caminho do bobo possui escuridão, mas, sempre existe uma luz no fim do túnel.

Mas, existe esta tal Lei de Gerson.

Bem, eu prefiro continuar bobo.

Simples.

Calado até certo ponto do texto.

Ficar sempre sem texto seria também participar na propagação da Lei de Gerson.

Assim devemos agradecer aos espertos, pois mostram que somos bobos.

Mas, Clarice tinha razão.

Os bobos são felizes.

Não sendo espertos, possuímos bem mais motivos para sermos felizes.

Mas, até os bobos percebem a Lei de Gerson.

Façam bom uso dela seus espertos.

Façam bom uso do céu cheio de vantagens que é só de vocês.



Diz a lenda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUZENTOS E CINQUENTA EM QUATRO I

Os pesadelos não podem ofuscar nossos sonhos. Diante da inconsequência de quem resume a vida dos outros na sua prisão de lamentos, ...