segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Beto Cesar - 2011 será o meu ano


Beto Cezar freqüenta rodas de samba com sambistas como Junior, ex- jogador do Flamengo

Para um rondoniense, o ano de 2011 promete ser especial. O sambista Beto Cezar, que grava seu terceiro CD, desta vez, com as bênçãos de dois dos maiores produtores da música brasileira: o compositor Carlos Colla e o maestro Alceu Maia. Com esta perspectiva, Beto Cezar vive momentos de ansiedade, mas também de certeza de que trata-se de um projeto vencedor. “Este vai seu o meu ano”, garante ele.

O título de ‘Revelação de 2010’ já é de Beto Cezar, que conquistou fãs com suas composições recheadas com citações do cotidiano de pessoas comuns e uma dose reforçada de bom humor. O conteúdo dos sambas do rondoniense chamaram a atenção do compositor Carlos Colla, que é autor de 44 canções gravadas por Roberto Carlos e outras tantas dezenas de músicas que fizeram sucesso no país inteiro na voz de intérpretes como Alcione, Xuxa, Legião Urbana, Erasmo Carlos e Fafá de Belém, entre outros.

Carlos Colla sentenciou que após o CD, que já está sendo gravado no Rio de Janeiro, Beto Cezar fará tanto sucesso que terá pouco tempo para desfrutar com os amigos. “Este garoto tem muito talento”, avalizou o renomado compositor.

Colla e Alceu
O maestro Alceu Maia é o responsável pelos arranjos do CD de Beto Cezar. No currículo de Alceu estão participações nos discos de Beth Carvalho, Clara Nunes, Simone, Martinho da Vila, Chico Buarque, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão e Leci Brandão, além de outros grandes nomes da música brasileira.

Assim como Carlos Colla, Alceu Maia também aposta no talento de Beto Cezar e no sucesso do CD que esta sendo gravado. Ele faz elogios à sonoridade dos sambas do compositor rondoniense e se esmera para agregar ainda mais qualidade ao trabalho que está sendo feito para lançar Beto Cezar no cenário nacional.

“Estou na melhor companhia” comemora o sambista, que nas viagens que faz ao Rio de Janeiro é um nome a mais na constelação dos grandes sambistas. Ele pode ser visto em animadas rodas com Júnior, ex-jogador do Flamengo, Marquinhos PQD, Neném e Renatinho, só para citar alguns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUZENTOS E CINQUENTA EM QUATRO I

Os pesadelos não podem ofuscar nossos sonhos. Diante da inconsequência de quem resume a vida dos outros na sua prisão de lamentos, ...