sábado, 4 de setembro de 2010

Vai entender

Fizeram um samba quadrado.
Dentro de um quadrado entre paredes.
Um samba quadrado sem perguntas,
deixando alguns sambistas fora do quadrado.
O samba quando fica triste valoriza a sua origem.
O samba quando fica quadrado,
pode voltar ao quadrado de uma só mesa.
Fizeram um samba quadrado.
Um samba sem o porto velho porto.
Fizeram um samba quadrado.
Um samba que não é da sete de setembro
lá do quilometro um.
Um samba quadrado para poupar pó de café
para jogar no ventilador.
Fizeram um samba quadrado,
que nem o Bubu ouviu falar.
Um samba quadrado para poucos cantarem.
Aquela linda flor regada por um samba redondo,
agora é lembrada dentro de um quadrado
poupando pó de café para jogar no ventilador.
Vai entender o quadrado dos investimentos
em nossa cultura.
O cara que gostava do balanço do trem viajando junto com seu bem,
passou o ano inteiro batendo tecla e mais teclas sobre os investimentos quadrados
na Flor do Maracujá, no carnaval e outras coisitas mais.
Fizeram um samba quadrado que não é sucesso.
Fizeram um samba quadrado para deixar os sambistas do porto do velho Pimentel
sempre com o chapéu na mão.
Fizeram um samba quadrado que o João Carteiro não entregou a letra para ninguém.
Um samba quadrado quem nem a kizomba que é a festa das raças, ouviu alguém cantar.
Alguém fez um samba quadrado.
Um samba quadrado com alguns sem e muitos outros cem.
Um samba quadrado sem alguns investimentos, sem o apoio necessário para alguns eventos.
Um samba quadrado com alguns cem pros caras lá da cidade maravilhosa, alguns cem pros caras lá da cidade da garoa.
Pros caras do porto do velho Pimentel só a fumaça das queimadas.
Vai entender este quadrado sem rimas.
Estamos no centro histórico da nossa história.

“A melhor forma de ver o quadrado é olhando para ele” - Dom Lauro



Diz a lenda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DUZENTOS E CINQUENTA EM QUATRO I

Os pesadelos não podem ofuscar nossos sonhos. Diante da inconsequência de quem resume a vida dos outros na sua prisão de lamentos, ...